Votação
Lucrando no mercado com...
Análise Fundamentalista
Análise Técnica (Swing)
Análise Técnica (DT)
Robôs
Tape Reading
Nenhum. Estou no prejuízo
Scalper
Calls de Analistas
Ver Resultados
ONLINE
1


Partilhe esta Página


FAQ
FAQ

1. Eu tenho conta em várias corretoras. Consigo fazer controle por corretora e o CIRO faz o cálculo de imposto de renda de todas elas?

Sim. Você deve abrir um CIRO para cada corretora e utilizar o módulo MULTI-CORRETORAS que faz a consolidação dos dados para o cálculo de imposto de renda mensal e também para o relatório para a declaração anual de imposto de renda. Independentemente de quantas corretoras você usar, a ajuda de custo é única.

 

2. É necessário ter RTD/LINK DDE para utilizar o CIRO?

Não. A utilização do RTD/Link DDE é opcional. Só serve para importar as cotações e variações do dia... assim você consegue acompanhar o desempenho de todas as operações abertas pois, com o RTD/LINK DDE, o CIRO consegue informar automaticamente o lucro/prejuízo de cada operação em tempo real. (RTD/LINK DDE são serviços/programas oferecidos por corretoras ou plataformas que possibilitam a leitura de dados dos pregões pelo Excel).

 

3. Eu posso copiar o CIRO para outro computador?

O CIRO faz uma verificação de liberação. Se você copiar para outro computador, o CIRO retornará ao ano inicial de acordo com o ano da versão mas não perderá os seus dados. O mesmo poderá ocorrer se você formatar o seu computador. De qualquer forma, se algo acontecer neste sentido, entre em contato comigo por email ou skype me informando o ocorrido.

 

4. Eu posso mudar de versão sem perder os dados atuais?

Sim. O CIRO possui uma rotina de importação onde você pode escolher os dados que quer importar. Assista o VÍDEO TUTORIAL de número 14 (Importação de dados).

 

5. Eu tenho uma carteira de dividendos e fundos imobiliários. Consigo fazer o controle destes rendimentos?

Sim. O CIRO possui uma aba específica de proventos onde você pode facilmente transferir os proventos do dia simplesmente copiando e colando a página do PLANTÃO EMPRESAS da BOVESPA de proventos dos emissores cotados na Data-Ex. Inclusive o CIRO tem um relatório anual onde apresenta todos os rendimentos recebidos no ano.

 

6. Eu tinha uma operação vendida e houve pagamento de provento. Posteriormente este provento foi debitado da minha conta. Tem como eu lançar este débito?

Sim. Na aba PROVENTOS você pode lançar como um ajuste negativo.

 

7. Eu recebi bonificação em ações e não sei como fazer os lançamentos. O CIRO faz este controle?

Sim. O CIRO traz vídeo explicativo de como proceder com bonificação de ações e faz todo os acertos e lançamentos automaticamente após ser informado na aba PROVENTOS.

 

8. A bonificação em ações eu devo lançar com valor zero ou pelo custo unitário informado no aviso ao acionista?

Como qualquer outro provento (dividendos, Juros, rendimentos de FII e outros) não há qualquer ganho monetário ao investidor na bonificação em ações!!! A única vantagem é a isenção de imposto de renda!!! E o investidor somente usufruirá desta vantagem lançando a bonificação em ações com o custo unitário informado no aviso ao acionista. Caso ele lance com o valor zero, não terá este benefício da isenção de imposto de renda, ou seja, é errado lançar com o valor zero!!!

 

9. Eu realizo muitas operações de índice futuro e dólar futuro por dia. Tem como eu controlar estas operações?

Sim. O CIRO controla as operações de mercado futuro com um simples copiar e colar da nota de corretagem separando os lançamentos de ajuste diário, day trade e normal. Caso o CIRO não consiga ler a sua nota de corretagem, entre em contato por email informando a sua corretora que providenciarei os acertos necessários para que a leitura seja executada.

 

10. Eu posso tirar o relatório para a declaração de Imposto de Renda anual a qualquer momento?

Depende. Se você quiser tirar o relatório somente para verificação, então pode tirar a qualquer momento. Porém, o relatório definitivo de um determinado ano, deve ser tirado logo após a virada do ano pois qualquer alteração posterior como alienação de operação por preço médio, grupamento, desdobramento e amortização de fundos imobiliários alteram ou a quantidade ou o valor inicial das operações e consequentemente o relatório anual. Inclusive o CIRO, na virada de ano, avisa para tirar o relatório do ano que passou.

 

11. Eu estou tendo prejuízo na bolsa. Preciso fazer a Declaração de Imposto de Renda?

Sim. Todas as pessoas físicas que realizarem operações no mercado de renda variável precisam fazer a declaração independente se teve lucro ou prejuízo. No caso de prejuízo, precisa informar este prejuízo para poder abater de lucros futuros.

 

12. Eu opero no mercado financeiro a vários anos e nunca declarei no Imposto de Renda. Como eu devo proceder?

Primeiramente você deve procurar os bancos e corretoras por onde realizou as operações e solicitar as notas de corretagem e extrato dos últimos 5 anos. Depois, fazer os lançamentos no CIRO e, caso tenha imposto a pagar, recolher as DARF's com multa e juros. Após isso, fazer as declarações retificadoras de Imposto de Renda.

 

13. Fiz uma conversão de SAPR4 para SAPR11 na proporção de 5/1. Como eu devo proceder neste caso?

Primeiramente faça uma cópia do CIRO. Nesta cópia, utilize o botão TROCAR CÓDIGO (na aba OPERAÇÕES) e altere o código SAPR4 para SAPR11... depois utilize o botão INPLIT/SPLIT (que é o mesmo que GRUPAMENTO/DESDOBRAMENTO) para alterar a proporção de 5/1. Em todos os casos de conversão, não há ganhos ou perdas ao investidor... ou seja, o total investido anteriormente na operação com SAPR4 deve ser o mesmo total com SAPR11 ao final da conversão!!! Caso os totais não batam ou caso tenha executado algo de forma equivocada, feche a cópia sem gravar e tente novamente.

 

14. Em relação a somatória dos 20k de isenção de IR por mês, se eu fizer uma operação vendida e que ainda está aberta, eu devo somar este valor no mês desta operação?

Não!!! Muitos cometem este erro pois é ensinado que a isenção de IR é de até 20k mensais de VENDAS. Segundo o artigo 59 da instrução normativa RFB Nº 1.585, de 31 de agosto de 2015 "serão isentos do imposto sobre a renda com ações, no mercado à vista de bolsas de valores ou mercado de balcão, se o TOTAL DAS ALIENAÇÕES desse ativo, realizadas no mês, não exceder a R$ 20.000,00"... ou seja, esta operação vendida só será contabilizada para efeito da somatória dos 20k de isenção mensal no mês da alienação (neste caso a compra) do ativo e não no mês da venda.

 

15. Recebi uma restituição de capital em dinheiro de HYPE3. Como devo proceder?

No CIRO, lance na aba proventos!!! O valor recebido será reduzido do valor de custo de aquisição e deverá ser informado na guia Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva da declaração anual de IR.

 

16. Eu tinha ações MRVE3 e ocorreu uma cisão no final de 2018 onde recebi algumas ações de LOGG3. Como devo proceder?

MRVE3 passou a ser negociada a 83,71% do preço de fechamento do dia 20/12/2018 e para cada ação de MRVE3 os acionistas receberam 0,07215075382 de LOGG3.

Se, por exemplo, você tinha 1.000 MRVE3 ao preço de 10,00 então você investiu 10.000,00. Na cisão, o investidor não tem nem benefício e nem prejuízo quanto ao valor investido. Ou seja, no final, você continua com os 10.000,00 investidos.

Em 21/12/2018, o preço de suas MRVE3 foi alterado de 10,00 para 8,37... ficando o seu investimento em MRVE3 reduzido a 8.371,00. Então, o que você recebeu de LOGG3 (72,1508 ações) deverá ter o valor para completar os 10.000,00... ou seja, 1.629,00...

Após a cisão:

MRVE3 - 1.000 ao preço médio de 8,37 totalizando 8.371,00

LOGG3 - 72,1508 ao preço médio de 22,5777 totalizando 1.629,00

TOTAL = 8.371,00 + 1.629,00 = 10.000,00

Só que você não pode receber 72,1508 ações!!! Você recebe 72 ações e os 0,1508 vão para o leilão de fracionários. Após a realização deste leilão, o valor correspondente aos seus 0,1508 ações serão depositados em sua conta.

Para executar esta CISÂO no CIRO é muito simples... clique no botão CISÃO (na aba operações) para executar tanto a redução de capital de MRVE3 de 10,00 para 8,37 quanto a inclusão das 72 ações de LOGG3 ao preço de 22,5777 (sem corretagem e taxas). O valor a ser recebido futuramente do leilão de fracionários, deve ser lançado (depois de recebido) na aba PROVENTOS como LEILÃO FRACIONÁRIOS.